VII Festival Nacional de Teatro Especial (FNATES 2009)

0
Rate this post

O VII Festival Nacional de Teatro Especial (FNATES 2009) e, simultaneamente, a primeira edição internacional, vai decorrer de 23 a 28 de Março, no palco do Cine-Teatro S. Pedro, em Abrantes. O evento está já em preparação no Centro de Recuperação Infantil de Abrantes (CRIA), que é a Instituição organizadora, contando com o apoio da Câmara Municipal de Abrantes e de diversas entidades da região, públicas e privadas.

Portugal e Brasil estão este ano juntos na diferença, porque o Festival de Teatro Especial, já na sua sétima edição, contará pela primeira vez com a participação de um grupo internacional, que em comum com os grupos nacionais tem o facto de apostar no teatro como meio de valorizar a diferença e promover a integração.

32ª aniversário

A edição deste ano terá início a 23 de Março, pelas 14h30, dia em que se assinala o 32º aniversário do Centro de Recuperação Infantil de Abrantes. O Rancho Folclórico “Quinta das Pinheiras” dará início ao programa, seguindo-se a sessão de abertura e o CRIARTE, Grupo de Teatro do CRIA, com a peça História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, uma adaptação da obra de Luís Sepúlveda. O Espaço T – Teatro a Metro, do Porto, subirá ao palco às 21horas, com a peça Terror e miséria do 3º Reich.

Totó e Bábá no mundo das cores é a peça abre a tarde do dia 24, trazida pelo Grupo Fantasia da APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental) de Santarém. A noite, a partir das 21 horas, será preenchida com a grande novidade deste ano a Associação Projecto Tam-Tam, de São Paulo – Brasil, que levará à cena a peça Só(is) Amar – elos, que subirá de novo ao palco no dia seguinte, às 14h30. Perguntas de um mendigo que lê, a partir de Bertolt Brecht é a peça da noite, pelo Grupo Crinabel Teatro, com mérito reconhecido no panorama artístico nacional.

Dia 26, à tarde, o programa inicia-se com O Sonho Mágico, um espectáculo do Grupo CIRANDA do CIRE de Tomar. A noite contará com dois espectáculos: o primeiro trazido pela CerciLisboa e o segundo da responsabilidade do Grupo O Imaginário, de Évora.

A tarde de sexta-feira, dia 27, integrará também dois espectáculos: Café e amor – uma grande palhaçada, Grupo de Animação do CAJ, da APPACDM de Setúbal e a peça O chapéu, pelo Centro Torrejano, do CRIT de Torres Novas. A noite marca a presença sempre esperada do Palha de Abrantes e a peça O que aconteceu na terra dos procópios e, recorde-se que este é o único grupo participante em que os actores não são pessoas com deficiência, sublinhando assim a importância da troca de experiências e de aprendizagens como forma de promover a inclusão.

O último dia, 28 de Março, tem em cartaz, às 14h30, “Murmúrios do corpo”, dança contemporânea pelo CRIARTE, e logo de seguida a peça História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar.

Inscrição:

As Escolas, Instituições de Solidariedade e grupos organizados terão acessos gratuitos a todos os espectáculos. Para o público, em geral, o bilhete terá o preço simbólico de um euro.

Contactos:
CRIA – Centro de Recuperação Infantil de Abrantes
www.cria.com.pt
Quinta das Pinheiras, Apartado 73,
2204-906 Alferrarede – Telef: 241 379 750/6
Fax: 241 37 9 759

Saúde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here